O começo!!! Tão claro quanto um e-mail ou mensagem no celular …

Capa O começo!!! Tão claro quanto um e-mail ou mensagem no celular …

Foram muitos anos dedicados ao mundo Corporativo, tantos que era impossível me ver fora dele… Um dia, aconteceu aquilo que também considerava impossível, e me vi ali na UTI – com diagnóstico de TEP – Tromboembolia Pulmonar – segundo os médicos, possivelmente devido o uso de Pílulas.

Como pode? Durante a noite eu me preparava para um treino de corrida que aconteceria às 6 a.m., mas amanheci com dores no peito e dificuldades para respirar. Entre os primeiros sintomas e o diagnóstico, foram 12 horas…

Detalhe, só procurei um médico porque queria muito correr , seriam 60Km nos próximos 3 dias e achei que talvez pudesse estar enfartando, já que como corredora, eu exigia muito dos pulmões e coração.

Na primeira noite de internação, tive reação alérgica aos medicamentos e me vi “partindo”. Uma sensação indescritível e inesquecível, de segundos capazes de fazer rever toda minha vida, e suficientes para implorar desesperadamente pela volta. Minha Filha, meu Marido, meus Pais, meus Sobrinhos … eu precisava voltar e sim, faria diferente!!!

Dois anos depois deste episódio e já fora do Corporativo, em um dos meus treinos matinais de corrida – momento em que também converso com “ELE”, pedi orientação sobre o que fazer da vida.

Completamente “perdida”, nunca havia feito nada diferente daquilo que por 22 anos fiz…talvez deva buscar mais do mesmo?! Não, eu tinha certeza de que era a hora da mudança…só não sabia como e nem o que.

Firmei o pensamento e pedi que “ELE” fosse claro o suficiente , tão claro quanto um e-mail ou mensagem no celular… tão claro ao ponto de não me restarem dúvidas sobre o caminho que eu deveria seguir …

Voltei, assei uns biscoitinhos … quando então uma amiga ligou dizendo que passaria em casa para um bate-papo . De surpresa e sem nada especial para servir, ofereci os biscoitos, e então ela disse:

“Você quem fez?! Estão Maravilhosos…. você precisa vender isto”.

Mais claro impossível , não é?! Não tive dúvidas – ela era a portadora da mensagem que tão enfaticamente eu havia solicitado horas antes.

Sim!!! “ELE” me respondeu e cá estou… seguindo meu caminho.